Viajar pelo Brasil

BufferShare

[English]

Antes de mais nada: se você pretende viajar de forma barata em qualquer lugar você deve evitar os locais turísticos. Porém, como um turista, você provavelmente vai querer visitar os lugares mais famosos (e consequentemente mais turísticos) – e não simplesmente viajar por cidades das quais você nunca ouviu falar. Muito bem, mãos à obra e vamos ver as dicas para quem quer conhecer o Brasil.

Transporte:

O brasil é o quinto maior pais do mundo – sendo assim, para conhecê-lo você dificilmente conseguirá evitar andar de avião. De qualquer forma, se considerarmos todas as possibilidades:

  1. Ônibus: As estradas no Brasil não podem ser definidas como boas – e a maior parte delas tem um limite de velocidade de 80km/h. Isso significa que pode-se levar horas (ou talvez até dias) para chegar a algum lugar – e acredite, especialmente no verão você não vai querer ficar dentro de um ônibus por muito tempo. Os preços variam, mas muitas vezes a passagem de avião pode ser mais barata que a de ônibus.
  2. Carro: Alugar um carro é uma boa alternativa porque você está livre para ir aonde quiser e quando quiser. Mas você deve ter boas habilidades de ler mapas, porque ainda não temos as estradas mapeadas com GPS. Como eu já mencionei, as estradas não estão em ótimas condições, então você não pode ir muito rápido. Além disso, a gasoline pode tornar-se cara.
  3. Trem: Sinto informar que praticamente não existem trens no Brasil. Algumas exceções, é claro, mas não conte com isso. Em cidades grandes como São Paulo o sistema de trem/metrô é bom e não muito caro, mas apenas para pequenas distâncias.
  4. Avião: Meu voto vai para essa alternativa. Viajar de avião pode nem sempre ser barato, mas é com certeza a maneira mais fácil de visitar lugares diferentes no Brasil. Aqui você encontra algumas dicas do Wikitravel sobre o transporte aéreo no Brasil e nossas companhias aéreas.

Compras:

Um europeu ou americano logo percebe que os preços no Brasil são menores do que os que eles estão acostumados. Nossa moeda, o Real (plural Reais, R$) varia bastante em relação ao Dólar, mas como média 1 Dólar é em torno de 2 Reais (ok, hoje eu olhei e estava 2,24, mas ainda assim) e 1 Euro é mais ou menos 3 Reais.

Então se você planeja algumas compras durante a viagem, o Brasil é um dos países indicados. Dicas:

  1. Se você quer comprar roupas você deve ir ao Brasil com algum espaço sobrando na mala – as roupas normalmente tem boa qualidade e são mais baratas comparadas às roupas na Europa por exemplo.
  2. Não se deixe enganar: As vitrines muitas vezes mostram preços com um “x3” or “x5”, etc. Isso significa que o pagamento é feito em parcelas, e que o preço real para uma peça mostada com “R$35x 5”, por exemplo, é 5 vezes 35 reais. Pagamentos à vista normalmente oferecem descontos.
  3. Havaianas, os chinelos típicos do Brasil, são em greal baratos – exceto nas lojas para turistas. Se você planeja levar algumas como presents pode comprá-las no supermercado por cerca de R$ 6.
  4. Equipamentos eletrônicos não são a melhor coisa para se comprar no Brasil – eles são normalmente mais caros que nos países mais desenvolvidos – então você deve deixar parta comprá-los na sua próxima viagem para algum outro lugar.

Quando visitar

Para viajar um pouco mais barato e evitar multidões você deveria escolher o mês certo para visitar o Brasil. Julho e agosto são os meses em que os turistas do hemisfério norte vem para o país, enquanto janeiro e fevereiro, os meses de férias escolares no brasil, é quando os turistas brasileiros viajam. O Carnaval, obviamente é a época em que o Brasil recebe mais turistas e fica lotado, então a não ser que você REALMENTE precise experenciar o carnaval no Rio eu sugeriria que voê evite o país nesse período.

O que visitar

Em um país tão grande é dificil decidir o que visitar. Como brasileira, eu preferiria evitar lugares cliché como o Corcovado – mas sei que isso é uma das primeiras coisas que um turista gostaria de ver. Então para tornar a decisão um pouco mais fácil (ou complicá-la ainda mais), aqui está um resumo das seis regiões do Brasil. Note que tudo é baseado em opinião pessoal e é o que eu recomendo – mesmo não conhecendo todos os locais pessoalmente ainda.

  1. Distrito Federal: É onde fica a capital, Brasilia. Eu recomendo que você visite a capital somente se tem interesse em arquitetura (ou política…).
  2. Centro-oeste: Paisagens bonitas, muito verde. Legal de conhecer são o Pantanal e a Chapada dos Guimarães.
  3. Nordeste: As melhores praias do país estão lá, assim como a cidade de Salvador, e a ilha Fernando de Noronha.
  4. Norte: É no norte que fica a Amazônia .
  5. Sudeste: São Paulo – o centro comercial do país – e a mundialmente famosa cidade do Rio de Janeiro.
  6. Sul: Essa é a parte do Brasil onde fica frio no inverno – e a parte onde os alemães e italianos deixaram sua marca. Você pode visitar a Oktoberfest ou cidades tipicamente europeias como Gramado mas também praias bonitas em Santa Catarina.

You might also like:

BufferShare

Comments Closed

4 thoughts on “Viajar pelo Brasil

  1. Pingback: Traveling in Brazil - Lexiophiles

  2. Pingback: How to travel cheaply? - Lexiophiles

  3. A Baía de Paraty encanta por suas belas praias e ilhas. São mais de 300 ilhas e 30 praias ao longo da costa e da baia.
    Paraty guarda consigo 445 anos da história do Brasil, o que lhe confere charme, nobreza, antiguidades, relíquias, além de mares, ilhas e muita natureza. Segundo a UNESCO, essa cidade é uma das poucas no mundo que mantém as características originais de quase 500 anos. Seus calçamentos irregulares, sacadas, serestas e chorinhos dão personalidade à cidade, que já foi conhecida como a rota do ouro na época das grandes navegações.
    Uma dica de hospedagem para quem vai visitar essa cidade maravilhosa é o Paraty Bungalows, hotel que encanta por sua beleza e bom atendimento.
    O Paraty Bungalows Hotel & Bar oferece um serviço de lavanderia aos hóspedes, um novo menu para serviço de quarto e por um período especial e limitado uma cama extra “roll in” para uma terceira pessoa sem custo.
    Fiquei hospedada em setembro d 2010 e já fiz reserva para o fim do ano.

  4. Paraty é uma cidade romântica. É apelidada de Veneza brasileira, em referência à alta na maré, quando a água do mar invade de forma tímida e charmosa algumas ruas da cidade nos meses de maio, junho, outubro e novembro. Cena comum de se ver, casais de mãos dadas com diferentes sotaques perambulam sob o sol, acompanhados de uma leve brisa, ou à noite, quando a temperatura fica mais amena e a movimentação nas ruas é ainda maior

    Estive em Paraty agora em Junho/10, confesso já haviam me dito que era lindo, mas é muito mais que isto o lugar encanta, a beleza natural é um reduto de paz, cores e sabores. Recomendo que quem vá pela primeira vez a Paraty visite Trindade uma vila de pescadores com praias de tirar o fôlego, a praia do Cepilho é uma das mais belas, o Cachadaço é divino uma piscina de água do mar de cor verde esmeralda um espetáculo, onde os peixinhos vem comer na palma da sua mão, para chegar lá só há dois meios, de barco ou pela trilha da serra da Bocaina, que é divina,uns 50 minutos de caminhada + ou – porém recomendo que se vá com guia pois a caminhada é de dificuldade média e requer prática, existem ótimas agencias de turismo no centro da cidade.
    Também me hospedei no Paraty Bungalows e com certeza será rota de todas as minhas viagens a Paraty.

Comments are closed.