A minha Páscoa brasileira

[English]


Sendo um país tão grande, as tradições de Páscoa não poderiam deixar de ser diversificadas – elas variam de acordo com a região ou religião.

O Brasil tem uma grande população católica, então a Semana Santa é comemorada pelo país com procissões e rituais semelhantes aos de outros países católicos – mas tornados únicos pelo contexto no qual acontecem. Os católicos apresentam peças de teatro ao ar livre nas quais atores representam a ressurreição de Jesus, e frequentam a missa de Páscoa no domingo.

Porém, como eu nunca experienciei uma Páscoa católica, prefiro descrever a Páscoa que eu venho vivenciando nos últimos 20 anos como parte de uma família luterana não extremamente religiosa.

As preparações para a Páscoa na minha família começam com várias semanas de antecedência, com a crianças preparando coelhinhos de papel na escola e pintando ovos da forma mais colorida que conseguem. Elas não escondem a felicidade toda vez que acordam e o coelhinho deixou um chocolate ao lado da sua cama.

A Sexta-Feira Santa é um dia de refletir e orar. Não devemos falar muito alto, correr ou escutar música alta. Não comemos carne e temos peixe de almoço. (E parece que o país leva isso a sério: até o Mc Donald´s tem um Mc Fish especial para a Sexta-Feira Santa…) É um dia de paz e todos estão contentes por poder permanecer em casa.

O Sábado de Aleluia é um dia cheio de expectativas. À noite, as crianças deixam uma cenoura para o coelho. Pela manhã sempre está comida até a metade – acho que o coelho nunca sente muita fome…

No Domingo de Páscoa as crianças acordam sabendo que têm um desafio pela frente: encontrar os ninhos de Páscoa cheios de ovos de chocolate. O coelhinho é esperto e sempre deixa um mapa e instruções. As crianças se divertem: o ninho pode estar em cima de uma árvore, embaixo da terra ou até mesmo dentro do seu próprio armário. O único problema é quando os ninhos demoram a ser achados, pois dependendo do lugar onde estão escondidos, os chocolates estão totalmente derretidos quando são encontrados.

O café da manhã é sempre um momento especial, porque para nós, a Páscoa é um momento de estar com a família. Então comemos waffles caseiros, frutas e é claro, chocolate, enquanto rezamos e agradecemos por tudo o que somos e temos.

O resto do dia é passado com a família – tios, primos e avós, todos celebrando os momentos de Páscoa. Na segunda-feira a vida volta ao normal – exceto que pelo menos neste dia, as crianças podem levar chocolates de lanche para a escola.

You might also like: