As 5 piores músicas brasileiras de todos os tempos

Ou ´as cinco piores músicas brasileiras de todos os tempos das quais consigo me lembrar neste momento´.
Sendo música ruim uma fonte inesgotável e que parece estar atualmente em pleno auge, foi difícil selecionar apenas cinco. Porque além da infinidade de opções, há também o dilema do que pode ser classificado como música e o que seria apenas um ruído ou um barulho inconveniente. Para a maior parte dessas canções ainda não inventaram uma classificação compatível, mas eu diria que um rótulo como ´tortura psicológica´ possa ser adequado. Podemos ainda ir na onda da moda e classificá-las como quase todas a músicas de hoje em dia o são: alternativas.

Desde já aviso que o conteúdo de algumas (algumas?) pode ser de extremo mau gosto. Mas é só levar no bom humor que as coisas mudam de figura.

Aviso para os que ainda estão começando a aprender português: caso vocês achem que a letra é sem sentido, não culpem seu nível de Português. A culpa é de quem a escreveu a letra mesmo.

Bonus: Éguinha Pocotó – MC Serginho

Poderia também estar em primeiro lugar. Mas como eu disse, esse ranking é tarefa complexa. Pode abrir o vídeo sem medo. Este nos poupa da tortura visual com uma tela preta.
Frase marcante : ‘Tô mandando um beijinho, pra filhinha e pra vovó, só não posso esquecer da minha eguinha pocotó, pocotó, pocotó, pocotó ’

5. Restart – Recomeçar

Superficiais, wannabes e vestindo roupas coloridas. Pela primeira vez não vou amaldiçoar o GEMA por bloquear vídeos na Alemanha. Quase todos do Restart são bloqueados aqui. Obrigada, GEMA!

4. Vou não, quero não, posso não, minha mulher não deixa, não..

“Ei, tu quer beber? Vou não, quero não, posso não, minha mulher não deixa, não vou, não”

A original é esta canção infantil.

3. Cine – Play

Parecida com o restart. Não é preciso dizer mais nada.
Trecho de destaque: “Ninguém pode me ouvir / Com o próprio coração/ Somos todos irmãos/ É o amor”
´Ninguém pode me ouvir´? Quem dera se não pudéssemos te ouvir, rapaz.

2. Que isso, gordinha, que isso?

Se eu tivesse ouvido essa música em outro contexto provavelmente não acharia graça alguma. Mas acontece que a música meio que virou piada interna para mim e para uns amigos, pois uma amiga que estava de dieta, acabava nos colocando em situações onde a citação da letra era sempre pertinente. Por exemplo quando estávamos atrasados para pegar o ônibus e tivemos que correr, como era o Dia dos Donuts na Polônia, ela estava comendo um donut enquanto corria atrás do ônibus. Diante da cena era inevitável não brincar e perguntar: que isso, gordinha, que isso? O difícil era a gente ter fôlego para correr e rir ao mesmo tempo.

1. Ai, se eu te pego! – Michel Teló

Tudo bem, admito que essa não é a pior. Mas só pela repercussão mundial merece o primeiro lugar. Afinal, não é todo dia que se ouve uma musica brasileira em um taxi na Polônia (sim, aconteceu comigo).

Alemão.

Por favor, não me deixem ser a única a passar vergonha. Compartilhe com a gente também as músicas ruins do seu país! Caso tenha vergonha, você pode subir um pouco essa página e relembrar o que eu já postei, tenho certeza que a vergonha vai passar rapidinho..

[English]

You might also like: