As nuances da língua portuguesa!

Diversas vezes deparei-me com as seguintes questões:

– É difícil aprender português?

– É melhor aprender português de Portugal ou português do Brasil?

Para tentar responder a estas perguntas foi necessário distanciar-me da minha própria língua materna (português) e analisá-la sob o ponto de vista de um estrangeiro.

Ao lembrar-me dos casos gramaticais, das aulas de ortografia, dos exercícios de crase e de regência verbal cheguei à conclusão de que, de fato, português não é uma língua simples ou fácil de aprender. Certamente a fala é mais simples que a escrita – quando começamos a escrever em português é que as dúvidas surgem e a gramática é colocada à prova. Porém, essas peculiaridades são direcionadas aos falantes nativos ou fluentes da língua. A pergunta em questão se “é fácil ou não aprender português”, é voltada para os iniciantes, para aqueles que ainda estão ponderando a ideia de aventurar-se nesse idioma ou não.

Portanto, aos iniciantes: qual é sua língua materna? Caso você fale alguma das línguas latinas (espanhol, italiano ou francês) suas chances de aprendizado são maiores, afinal todos esses idiomas se assemelham de alguma forma. Àqueles que descem das línguas nórdicas ou germânicas devo dizer que aprender português irá exigir um pouco mais de esforço em compreender a lógica da língua. Quando menciono “lógica da língua” refiro-me às posições dos verbos, em saber o que vem primeiro: sujeito, verbo, adjetivo, preposição? (Essa é a minha dificuldade em aprender alemão, por exemplo).

Àqueles que descendem das línguas tonais, acredito que irão enfrentar as mesmas dificuldades que enfrentam em aprender qualquer outro idioma.

Com relação à pronúncia, a partícula “-ão” parece ser um desafio para todos! De fato o som nasal não é fácil de aprender e, para o azar dos estudantes, é muito presente no vocabulário português. Recomendo calma e prática! Possuímos também o caractere “ç” que pode confundir muita gente, afinal a letra “s”, o dígrafo “ss” e o “ç” possuem som similar em muitas palavras. Até mesmo os falantes nativos enfrentam dúvidas na hora de escrever e só nos resta decorar a ortografia ou suas regras.

Sobre a eterna briga “português de Portugal ou português do Brasil” não há resposta, afinal são a mesma língua com algumas variantes na pronúncia e na escrita de algumas palavras. Aliás, com relação à escrita, a última reforma ortográfica portuguesa trabalhou para amenizar as diferenças e já se encontra em vigor. Por isso, recomendo aprender o português que estiver mais próximo de você. Apesar das dificuldades é uma língua bela e ritmada que serviu de instrumento para grandes escritores, tanto brasileiros quanto portugueses!

Uma última observação importante: no Brasil se fala português e não “brasileiro”, afinal “brasileiro” é aquele que nasceu no Brasil.

[English]

You might also like: