Como irritar um brasileiro em 5 passos simples

Isso não é muito fácil, e dizer que não é fácil nos irrita ainda mais.

  1. Pergunte se vemos papagaios diariamente

Nós não temos macacos andando pela rua. Além disso, não é todo mundo que tem uma bananeira ou um cacaueiro no quintal. A Amazônia é uma floresta de verdade que fica bastante longe e isolada para a maioria dos brasileiros.

  1. Pergunte se espanhol é nossa língua oficial ou se Buenos Aires é a nossa capital.

Nós não falamos espanhol. Não necessariamente. Isso é importante. Seria compreensível se fossemos insignificantes, mas nós somos o Brasil! Essa é também uma questão de orgulho e representatividade. Nós somos o maior país de nosso continente, e o mais importante economicamente, e as pessoas ainda pensam na América Latina somente em relação a língua e a cultura espanhola. É certo que as línguas são parecidas, mas POR FAVOR, o Português e o Espanhol são línguas diferentes. Parece muito óbvio, mas você se surpreenderia se soubesse quantas vezes me perguntaram se eu falava espanhol ou se sabia dançar salsa só por ser brasileira.

  1. Dizer não

NUNCA diga não. Isso pode parecer estranho para os brasileiros também. Nós não notamos isso, mas se você, brasileiro, parar para pensar um pouco, você vai perceber que estou certa. Imagine a seguinte situação. Uma pessoa vem e pergunta: “Pode me emprestar um dinheiro?”, um brasileiro contaria uma história longa e sofrida, cheia de reviravoltas, e provavelmente te contaria também toda a sua situação financeira, só para não ter que dizer não. Nós podemos dizer não ALGUMAS VEZES, mas nunca um não, curto e simples, sem nenhum complemento. As únicas pessoas que eu ouvi falarem um não curto e grosso eram estrangeiros, ou criados em uma cultura muito específica, ou com problemas de convívio social sérios. Estou falando sério. Não é mentir, é provar para a outra pessoa que um não nunca é tão simples. E, honestamente, é simplesmente dar uma explicação para as coisas. Sabe o quê? Essa nossa tradição pode atrapalhar na praticidade das coisas, mas pelo menos ela nos permite praticar nossas habilidades narrativas.

  1. Reclamar da comida

Sim, a não ser que você seja muito íntimo da pessoa, se ela lhe perguntar “Como estava a comida?” sempre diga “uma delícia”. Um amigo alemão uma vez respondeu a essa pergunta com um simples “estava meio salgado demais”. Ele nunca mais foi convidado para a janta.

  1. Dizer que chorar é um sinal de fraqueza

Nós gostamos de chorar. Não quer dizer que somos fracos. É só uma das diversas maneiras de se expressar sentimentos. A seleção brasileira chorou muito durante a Copa do Mundo, e isso não significa que somos fracos, não é?

PT 5reasons cover PTbanner_pt[English]

You might also like: