É hoje o dia da alegria

Para a marioria dos estrangeiros, o carnaval do Rio de Janeiro é sinônimo de carnaval no Brasil. Fotos, reportagens e relatos correm o mundo nesta época do ano, estarrecendo quem durante o Ano só ouve a palavra “Rio” relacionada a notícias envolvendo violência e morte. É no Carnaval que a cidade “que continua linda” vira o cenário perfeito para o “maior espetáculo da Terra”, atraindo milhares de turistas.

Mas nem todos virão ao Sambódromo.

A partir das duas semanas anteriores ao carnaval e nos dias de carnaval, blocos e bandas invadem as ruas da cidade maravilhosa, carregando dezenas de milhares de foliões. A cidade vira um grande baile popular sem cordas, aberto a quem quiser chegar. Rio de Janeiro e Salvador brigam anualmente pelo título de maior carnaval de rua do mundo.

Quem não gosta de carnaval de rua pode optar por algum dos bailes e clubes. Alguns são mais voltados para a classe alta, outros para as classes mais baixas. Há também bailes populares, organizados pela prefeitura e abertos ao público em determinadas áreas tradicionais da cidade, como a Cinelândia e em bairros do subúrbio como Madureira.

Outra dica para quem gosta da espontaneidade do Carnaval de rua é ir ao Rio antes do Carnaval. Como assim? Em dezembro as escolas de samba da cidade passam a realizar os chamados “ensaios técnicos” no Sambódromo. Nesses “desfiles”, o canto, a evolução e o ritmo são os elementos principais, o que atrai a população da cidade e arredores, fazendo do ensaio uma festa à parte,atraindo cada vez mais o interesse de turistas que desejam assistir e participar de um carnaval essencialmente popular.

[English]

You might also like: