Os 10 maiores estereótipos sexuais do mundo – Parte 2

800px-Warning_Sex_in_progress_Do_not_disturb
Aqui está a segunda parte dos 10 maiores estereótipos sexuais do mundo. Você pode ver a primeira parte aqui. Anteriormente, nós mencionamos algumas curiosidades sobre divórcios, homossexualidade, mulheres Japonesas e ser estrangeiro em outro país. Confira agora os últimos cinco estereótipos e alguns dados interessantes sobre eles.

5 – Japoneses têm penis pequenos: Peço desculpa por pegar no pé dos Japoneses, mas este estereótipo é mesmo verdade – pelo menos de acordo com a raça. Se você comparar os países Asiáticos com os Africanos ou Latino-americanos, por exemplo, há uma grande diferença na média de tamanho do pênis, de acordo com o Target Map. Enquanto países como Gana, Congo, Colômbia e Bolívia apresentam a impressionante média de 16 a 18 centímetros, países Asiáticos como China, Japão e Indonésia têm uma média de 10 a 12 centímetros.

4 – Tolerância a gays por país: Se você já ouviu que é mais difícil ser gay em alguns países por causa de sua cultura ou política, aqui vai um dado interessante: o Pew Research juntou alguns números que tendem a mostrar que países da África e Oriente Médio têm um alto índice de reprovação quanto à homossexualidade. Espanha e Alemanha são os ganhadores com respeito a aceitação, com respectivamente 88% e 87% de suas populações sendo a favor da homossexualidade. De acordo com esta pesquisa, os piores países para ser gay são a Nigéria, Gana (mesmo com os um dos maiores pênis do mundo) e o Senegal na África – com médias de aceitação variando entre 1% e 3% – e a Tunísia e o Jordão no Oriente Médio – com médias de 2% e 3%. O que é mais assustador nestes países é que não só a aceitação é baixa, mas eles também são os países com os números mais fortes alegando que a homosexualidade não deveria ser tolerada (ex: a Nigéria tem uma taxa de reprovação de 98% da população).
muslim_women_supporting_the_hijab-250x238
3 – Mulheres Muçulmanas não são livres: Em um ponto de vista bastante ocidental, ser uma mulher muçulmana é visto como algo muito estranho, pelos seus hábitos reservados e o conceito mal-interpretado de cobrir suas cabeças com hijabs. Eu tenho algumas amigas Muçulmanas e digo que este estereótipo é completamente errado. Enquanto muita gente tem pena delas e as subestima, sob os hijabs estão mulheres extremamente fortes com opiniões bem formadas e que carregam sua cultura com orgulho e sabedoria.

2 – Homens não valem nada:

Se você pensa isso de todo homem, é porque você ainda não encontrou o cara certo. É só uma questão de tempo e um pouco de sorte. Fique tranquilo(a).

1 – Os países com o melhor desempenho sexual: A Durex fez uma pesquisa em 2007 e 2008 sobre os países que fazem sexo com mais frequência e a chamou de Pesquisa Mundial de Desempenho Sexual. O critério é muito simples: o país que mais acumula pontos é o que tem o maior número de residentes entrevistados fazendo sexo ao menos numa frequência semanal. Os vencedores são Grécia (87%), Brasil (82%), Rússia (80%) e China (78%). Desculpem por pegar no pé dos Japoneses de novo, mas acho que é útil informar que eles ficaram em último lugar – com 34%. Mas não pense que tamanho é documento, caso contrário os Chineses não estariam tão ocupados.

[English]

You might also like: