Três é pouco

Apenas três filmes brasileiros fazem parte da programação deste ano Festival de Cinema de Berlim, Berlinale. Realizada de 10 a 20 de fevereiro na capital alemã, a Berlinale traz 22 filmes ao público. Desses, 16 participam da mostra principal* (competitiva), que neste ano não conta com a presença de uma produção tupiniquim sequer. “Tropa de Elite 2” está escalado para estrelar a mostra Panorama, enquanto “Ensolarado” estará na mostra Geração.”Os residentes” está na mostra paralela chamada Forum, dedicado a filmes experimentais.

Tropa de Elite 2 (Brasil, 2010, 116 min. Português)
Filme de maior público na estréia da história do cinema nacional (1,25 milhão de espectadores em dois dias), Tropa de Elite 2 é uma continuação do longa de 2007, premiado com o Urso de Prata no Festival de Berlim. O filme mostra seu protagonista, o policial do BOPE, Capitão Nascimento, combatendo novos inimigos: milícias que agem nas favelas cariocas e políticos corruptos. Novamente há questionamentos sobre o papel do governo, da miséria e do tráfico na violência no Rio de Janeiro e no Brasil.

Ensolarado (Brasil, 2010, 14 min. Português)
Produzido pela Bananeira Filmes, “Ensolarado” conta a história de Lena, uma menina solitária que tem alergia ao sol, e a decisão de sua família, que mudará sua vida. De acordo com a sinopse do curta, trata-se de “Uma família frente ao gesto humano simples e extraordinário de dizer adeus debaixo da luz intensa do sol”. Exibido no Brasil em festivais como o de Paulínia e o do Rio, teve uma passagem pelo Festival de Locarno, na Suíça.

Os Residentes (Brasil, 2010, 120 min, Português)
Premiado no Festival de Brasília de 2010 em quatro categorias (atriz, fotografia, trilha sonora e atriz coadjuvante) o filme traz uma proposta diferente, descrita por muitos críticos como “esteticamente ousada”. O enredo se passa em uma casa abandonada, onde os personagens acabam formando uma “zona autônoma temporária”. A ausência de uma narrativa linear é um dos motivos das opiniões controversas a respeito do filme, descrito vezes como “genial e provocador” ou apenas “confuso”.

[English]

You might also like: